Arquivo de Tag | encontro de preparação para o matrimônio

Curso de noivos… é mesmo necessário?

O sonho de toda menina que passou sua infância regada a filmes de princesa é casar na igreja. Mas quando começamos a organizar o casamento percebemos que realizar esse sonho não é tão simples assim. E, se você quiser casar na igreja, precisa cumprir um protocolo: curso de noivos. Sim, o curso de noivos é obrigatório se você quiser se casar em uma Igreja Católica Apostólica Romana.

Você, noiva, pode pensar: mas isso não é nada para quem quer realizar um sonho, é apenas um detalhe! Pois é, para você talvez não, mas para seu noivo pode não ser tão legal assim. Muitas vezes os noivos vão arrastados ‘perder’ um dia inteiro do final de semana – ou, em algumas igrejas, o final de semana inteiro – e os amigos não ajudam quando dizem “nossa, é muito chato” .

A pergunta que muitos casais fazem é: mas porque a Igreja Católica exige este curso se o percentual de casamento em igreja está caindo? A resposta é muito simples: porque alguém precisa nos acordar do sonho para dizer que casar não é simplesmente passar a viver em um conto de fadas automaticamente. Tanto é que o curso não se chama “Curso de Noivos”, mas sim “Encontro de preparação para o Matrimônio”, e o programa não é escutar o padre dando sermão o dia todo, mas sim casais contando das suas experiência pessoais sobre a vida a dois. O ponto central é lembrar-nos que desde o momento da organização do casamento temos de aprender a deixar o egoísmo de lado e lembrar que o matrimônio envolve duas pessoas, portanto, se queremos o mesmo final do conto de fadas de “e foram felizes para sempre”, precisamos aprender a pensar a dois. Entenderam o porque?

E atenção: você não precisa obrigatoriamente fazer o curso de noivos na Igreja que você vai se casar, mas em qualquer Igreja Católica Apostólica Romana. Tem igreja que tem o curso mensalmente, outras bimestralmente, outras trimestralmente e outras semestralmente. Portanto fique de olho no calendário! Confira também a carga horária e quais dias da semana o curso é ministrado, já que isso muda de uma igreja para a outra. A Cruz Torta, por exemplo, tem seus cursos aos domingos; o Calvário faz na tarde do sábado e na manhã do domingo; a São Gabriel somente na tarde do sábado ou domingo; e assim por diante.