Adoçando o Casamento

Depois da noiva o grande destaque do casamento é a mesa de doces. Não só pela grandiosidade dos arranjos, mas porque é o que todos ficam babando para atacar após o jantar e o local que irá encher as bolsas de alguns convidados… sim, já vi coisas de chocar independentemente de classe social (leia-se gente guardando saquinhos de havaiana para encher de doces no final). Portanto, uma regra básica é considerar 5 doces por pessoa, mesmo a maioria dos buffets dizendo que 3 doces é o suficiente – a ideia é realmente que sobrem doces, e não que alguém saia dizendo que não conseguiu experimentar nenhum doce sequer. Se não forem servir sobremesa, considere 7 doces por pessoa.

Outro ponto importante de ressaltar é que a mesa apresente de 6 a 8 variedades de doces: 5 tipos que contenham chocolate e 3 tipos sem chocolate (geralmente de frutas, como damasco e brigadeiro branco, limão siciliano, etc), para agradar a todos os gostos. Não é brega incluir brigadeiro no cardápio, há infinitas variações para o brigadeiro que tiram a imagem de ‘festa de criança’. A forminha também ajuda a deixar nosso querido brigadeiro mais chique.

Falando em forminha, está aqui um item que precisamos tomar cuidado. Se o seu buffet inclui os doces, a primeira coisa que você precisa perguntar é em qual forminha eles são fornecidos (a maioria fornece em forma de aniversário nem simples). Nesse caso, recorra à 25 de março e compre uma forminha mais bonitinha. Se você for comprar em docerias especializadas, cuidado aos escolher as forminhas que não estão incluídas no pacote, principalmente se o seu orçamento for limitado – as fominhas custam, no mínimo, R$ 0,80; com cinco doces por pessoa isso se torna R$ 4,00 a mais por convidado -. Geralmente as forminhas das docerias são uma espécia de caixa quadradinha (que é lindinha) ou  uma flor só com uma pétala. Eu acho de bom tamanho, já que temos outros itens de decoração na mesa. Importante! Fique atento às cores da sua decoração quanto for escolher forminhas.

Esse assunto de troca de forminha chama outro assunto: camareira. Vale a pena ter camareira no casamento? Sim. O custo médio é de R$ 80,00 por camareira, e elas não só fazem as trocas de forminha como organizam os doces lindamente na mesa (para uma mesa de doce ficar bonita e elegante recomenda-se que ela seja ‘espelhada’, ou seja, traçando uma reta no meio da mesa o lado direito tem que ser igual ao lado esquerdo, uma boa camareira sabe disso e executará o plano com perfeição). Além disso, elas são nosso anjo da guarda ao impedir que os convidados encham seu saquinho ou estômago de doces assim que chegar na festa. Ela preza pela ‘abertura’ da mesa no tempo certo. Se você precisar de reposição então, ela se torna essencial

Agora chega de falar e vamos babar um pouco? Vejam as tendências e em seguida bons fornecedores!

A Louzieh tem apostado em apresentar seus doces no petit verre (pequeno vaso). Esses são doces da fazenda: abóbora com côco, romeu e julieta e mamão. Mas as opções não param por aí. Os noivos podem escolher chocolate com maracujá, chocomenta, chocolate com mix de frutas, floresta negra…

Doces com estampa também estão em alta. Estes dão em alto relevo da Louzieh, mas quem apresenta estampas florais lindinhas é a Suzana Pimenta.

Quando o assunto é chocolate os convidados ficam enlouquecidos. Chocolate com gianduia, nutella e avelã é um must… o da foto é da Alessandra Tonisi e incluem, também, flor de sal – que traz uma surpresa na mistura de doce e salgado.

A novidade no mercado são as flores cristalizadas trazidas pela Le Jardin Secret. As flores podem ser adicionas aos tradicionais doces de chocolate, ou ao fundo do copo para dar um aroma e sabor extra ao espumante.

Esta bala de côco recheada da Danielle Andrade é de comer rezando. Muitas noivas têm inclusive colocado como lembrancinha: encha um pote de bala de côco e com um pegador próprio os convidados podem encher um saquinho destinado a isso e ir para casa saboreando as delícias. Está aí uma lembrança diferente e com gosto de quero mais.

A doceira Suzana Pimenta tem apostado nos doces que lembram os sushis nas suas cores e formatos. Este é de amareto com crocantes de amêndoas. E reparem a estampa do chocolate…

Macarrons também são uma febre! É possível escolher a cor de acordo com sua decoração que quiser e eles são muito gostosos. Podem ser colocados tanto na mesa de doces quando na de café, e até servir de lembrança como um complemento ou substituindo o bem-casado.

Onde encontrar essas delícias? Clique noslogos e visite o site.

É fundamental agendar uma visita de degustação já que os gostos mudam – veja no site os doces que chamam mais atenção e agendem com 3 fornecedores diferentes antes de fechar com sua doceira preferida. Agende no máximo uma visita por dia, dando pelo menos um dia de intervalo entre as visitas (mesmo que você seja chocólatra ou louca por doces, experimentar uma média de trinta doces não é para qualquer um…). Uma outra dica importante é não comer o doce inteiro: é uma degustação, apenas prove o sabor de cada um, espírito Magali não funciona nessa hora!

                                                            

OBS: Lamponi é especializada em macarrons e Sucrier é especializada em trufas de chocolate belga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s