Hora de jogar… não, laçar o buquê

A hora de jogar o buquê é o momento mais esperado por muitas solteiras – e também de felicidade da noiva, já que ela finalmente vai sair do grupo que quer pegar o buquê. É comum pensarmos que as mais altas sempre acabam levando vantagem, é só esticar o braçinho (ou melhor, bração comprido) e voilá!

Amigas solteiras da noiva, vi num blog esses dias uma ideia bem legal para acabar com essa injustiça! E todas vocês sairão do momento lindas como chegaram na festa, sem se descabelar para conseguir pegar pelo menos uma flor. A solução é a brincadeira das fitas: a noiva amarra uma porção de fitas coloridas no buquê e cada solteira presente na festa segura uma fita, formando uma roda em volta da noiva. Aí, com uma tesoura, a noiva vai cortando cada fita, eliminando as candidatas, até ter apenas uma fita sem cortar. A sortuda que estiver segurando a fita é a próxima a se casar, se a tradição se cumprir. Legal, né?

E isso não é exclusividade brasileira! Visitando um blog português ontem também, encontrei coincidentemente a mesma brincadeira. Um bom fotógrafo conseguirá fotos lindas desse momento, principalmente se apostar nas fotos espontâneas não só da noiva mas também daquelas que estão participando da brincadeira.

Para nós, assessoras, o que temos que cuidar é, primeiro, garantir que teremos fitas para todas as solteiras! Confira a lista junto com a noiva para ter certeza que ninguém ficará de fora. Além disso, não se esqueça de reservar o tempo para a brincadeira, já que leva mais tempo do que só jogar o buquê. O encanto não está em sair cortando, mas sim criar toda uma expectativa – como a noiva faz na forma tradicional, quando ameaça jogar algumas vezes o buquê para a mulherada ir à loucura!

Outro ponto importante é mostrar para a noiva a melhor forma de ela segurar o buquê para começar a brincadeira. As fitas não devem estar presas na ponta do buquê, mas no meio, assim, ela consegue segurar embaixo das fitas e as amigas vão pegando as fitas sem enrolar a noiva com as fitas. O ideal é que a assessora não tenha que desenrolar a noiva para não prejudicar as fotos espontâneas…

E aí, é só usar a criatividade para fazer variações. Aquelas que tiveram sua fita cortada podem ganhar, por exemplo, um Santo Antônio. Se não tiver tempo para fazer a brincadeira na festa de casamento, porque não no chá-de-cozinha? O buquê pode ser de Santo Antônio ao invés de flores, cada solteira leva o Santo Antônio para casa e pode escrever na fita o seu nome para a noiva colocar na barra do vestido. Aproveite o momento de sonhos e deixe as ideias fluírem!

Fonte: as fotos foram retiradas dos blogs “Sonhando Acordada” e “O Nosso Casamento”, cujos links estão anexados no texto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s